Revista Grupo 7►►3ºD◄◄MECA’S HEALTH-1

 

Anúncios
por bg2d Publicado em 3º D

Mulheres na Construção Civil – Grupo 2 – 3ºD

Mulher na engenharia civil: dados do MEC mostram que elas conquistam mais vagas nas universidades do que os homens

Entre os anos de 2002 a 2008, houve um registro de 40,9% da participação feminina em postos formais de trabalho contra 34,5% dos homens, segundo os dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). As mulheres cada vez mais vêm conquistando espaço em profissões, tradicionalmente, masculinas. Na área de engenharia civil, isto não foi diferente.

Dados do INEP\MEC, de 2011, mostram que o número de mulheres cursando engenharia cresceu 67,8% em 20 anos, enquanto o número de homens matriculados cresceu apenas 38,7%. Além disso, esse movimento feminino nos cursos de engenharia passou a refletir também no mercado de trabalho. Algumas construtoras têm privilegiado contratações de mulheres, por obterem resultados mais preciosos.

As engenheiras civis ainda buscam por capacitação mais aperfeiçoada, e isso tem ajudado a reverter alguns obstáculos que elas enfrentam no mercado de trabalho, como: salários inferiores aos dos homens com o mesmo nível de especialização. Segundo ao estudo da UDESC, uma profissional leva 10 anos para atingir uma faixa salarial acima dessa categoria, enquanto um homem leva em média 7 anos. E infelizmente ainda existe esse preconceito.

por bg2d Publicado em 3º D

Construção Civil, visando um futuro melhor!

Foram realizados diversos estudos para melhorar nosso presente e futuro próximo, estas são as construções sustentáveis.

Essas construções visam tornar a construção civil uma atividade menos impactante ao meio ambiente, desenvolvendo projetos que usam racionalmente os recursos naturais, sem deixar de atender plenamente as necessidades humanas.

Profissões do futuro (grupo 08 – 3ºD)

Segundo o site “guia do estudante” da Editora Abril, Diretor de engenharia e Diretor de eletronico e elétrica estão entre os dez salário mais bem pagos atualmente.

Conta ainda no site que engenharia é uma das cinco áreas do futuro, exemplificando que engenharia mecatrônica é atualmente e futuramente uma das melhores escolhas para quem esta indeciso na escolha da profissão.

 

                                                                                                                fonte: www.abril.com.br

por bg2d Publicado em 3º D

JOSÉ ROBERTO BERNASCONI, O ENGENHEIRO DO ANO. GRUPO 2 – 3ºD

José Bernasconi recebeu o título de “Eminente Engenheiro do Ano” pelo Instituto de Engenharia de São Paulo e diz que foi difícil a escolha pela Engenharia Civil. O engenheiro disse que estava indeciso entre Civil, Elétrica e até engenharia eletrônica, já que era um destaque da sala nessa área. Ele ainda dá a dica de que não se deve preocupar se a escolha é a correta ou não. “Faça aquilo que naquele momento lhe parece apropriado. O importante é seguir o mais te atraí”. Bernasconi achou o começo do curso muito cansativo, mas se decidiu pela área de Engenharia Civil até se formar em 1965. “Era um massacre, porque não era Engenharia de fato. Tinha muita física, matemática, mas era um instrumento para depois seguir as cadeiras de aplicação”. No dia 13 de dezembro de 2011 foi outorgado o título a ele.

A engenharia civil, por ser versátil, é considerada um dos segmentos mais promissores. “Um engenheiro civil faz projeto, fiscaliza, gerência, constrói, opera, ou seja, faz um ciclo de vida completo de um empreendimento”, aponta Bernasconi. A atuação do engenheiro civil não se baseia apenas na área urbana, segundo Bernasconi, o campo de atuação é bem amplo. “É preciso projetar os sistemas de transportes para escoamento de produções, construir portos, entre outras demandas”

Abaixo podem ser vistas algumas partes do discurso proferido por José – presidente do Sinaenco-SP e ex-presidente do Sinaenco Nacional.

“(…) os engenheiros são os ‘Operadores do Desenvolvimento’! Se acredito que sem Advogado não se faz Justiça, tenho absoluta convicção de que sem os Engenheiros não se faz desenvolvimento!”

“Somos engenheiros e cidadãos, sempre, mas há momentos e períodos em que temos que ser substantivamente cidadãos e, adjetivamente, engenheiros.”

“(…) E para conquistar a sustentabilidade do desenvolvimento, penso que devemos, como sociedade, consciente e ativa, sair da atitude tolerante, complacente, passiva, e agir, buscando e cobrando maior eficiência em setores fundamentais para o país.”

http://www.crea-sc.org.br/portal/index.php?cmd=artigos-detalhe&id=1165

FORMAÇÃO ACADEMICA DE UM ENGENHEIRO CIVIL- Grupo2 – 3ºD

FORMAÇÃO ACADEMICA DE UM ENGENHEIRO CIVIL

O curso de graduação em engenharia civil tem duração de cinco anos em período matutino e vespertino. No período noturno o curso se estende por seis anos. Nesse curso, você aprende as matérias básicas como matemática, cálculos e física e também as matérias relacionadas as funções abaixo, que são mais específicas de cada ramo da engenharia.

Para exercer a profissão, a pessoa deve obter conhecimentos teóricos e práticos em estruturas, estradas e transportes, hidráulica e saneamento e geotermia, entre outros. Deve também saber sobre exigências legais e de segurança para uma obra ser executada. Um estágio é um dos melhores começos para um aprendiz, para que este tenha uma noção de seu futuro local de atuação profissional.

http://www.escolaop.com/site_op2/textos/cursos/curso29.htm